Turistando: Aracaju

Oi Pimentas, tudo certo? Quem me acompanha no Instagram – Ainda não? Então clique aqui! – sabe que passei alguns dias em Aracaju, a viagem não foi necessariamente a passeio mas não deixei a oportunidade passar. E, claro, vou mostrar um pouco do que conheci e percebi para vocês!

Momento culturete: Aracaju é capital do estado de Sergipe, considerada uma das capitais mais seguras do Nordeste e com os custos de vida mais reduzidos do país, a cidade tem 160 anos.

FPB_Aracaju_001

Antigo farol da cidade, uma pena estar mal iluminado a noite.

Salvo os restaurantes mais sofisticados, achei o custo com alimentação mais baixo se comparado a Vitória (ES) que também é uma capital pequena e litorânea, achei a cidade limpa mesmo nas ruas onde há construção de prédios – não presenciei ninguém jogando lixo no chão com a desculpa de que não há lixeiras suficientes. Isso me chamou muito a atenção, positivamente. Agora, se pretende usar o transporte público não espere muito. Minha percepção é de que são poucas linhas com itinerários longos e confusos, li que a cidade busca melhorarias e espero que seja logo.

Amores, festa junina boa é aqui! haha Morei há muitos anos atrás na Bahia, mas em Sergipe os costumes são bem diferentes apesar de ambos os estados pertencerem a mesma região. Fomos apresentados a festa Arraiá do Povo por um casal muito querido daqui. A festa acontece na orla da Atalaia, tem entrada gratuita e comtempla artistas regionais. Eu e meu esposo notamos que aqui se valoriza muito a própria cultura (nas livrarias há prateleiras com literatura sergipana), isso é maravilhoso né!? A festa é linda e há uma preocupação com a estética: para ficar bonito e harmonioso. Nos encantamos com as cores e a forma como penduram as bandeirolas (que não estão restritas há escolas/faculdades, praças e pontos turísticos, vimos também em casas e condomínios), e claro com a quadrilha deles que contam uma história, figurinos e coreografia divinos. Fiquei de queixo caído! Haha

Também conheci o Parque do Cajueiro que possui uma bela área verde, quadras e alguns quiosques, fica na Avenida Beira Mar na zona sul da cidade. Meu encantamento maior foi com o mercado municipal: muito artesanato local, flores, lembrancinhas de viagem para todos os gostos e bolsos, restaurantes e bares: tudo regado a muita música. Energia boa demais!

Gente tem muito mais, a cidade oferece muitas opções de lazer e gastronomia. Por isso vou deixar os itens praia e restaurantes para outro post, combinado?

FPB_Aracaju_002

A caminho do Parque do Cajueiro

Infelizmente não há muitos voos para Aracaju, acredite, eu fiquei mais de 12 horas no aeroporto de Salvador para pegar o voo pra cá.  No momento não há nenhum direto partindo de Vitória (ES). :-/ O motivo da pequena oferta eu não sei, mas certamente prejudica o turismo.

Espero que tenham gostado do “passeio”, clique na estrelinha aqui em baixo para eu saber.

Um beijo e até mais! 😉

Anúncios

4 comentários sobre “Turistando: Aracaju

  1. Cigano disse:

    Opa, Agatha, bom saber que tu curtiu minha querida Aracaju! Sabe uma coisa que me encanta muito nela? A gente gasta pouco e vê muito quando vai “tuiristar” com os amigos: basta pegar um ônibus até o Centro e, de lá, descer a pé através dos pontos turísticos. Dá pra perceber o sotaque, as gírias, a dinâmica de uma parte da cidade e ainda ir a, no mínimo, 4 museus. Isso tudo gastando somente uma passagem!!! E caminhando, geralmente, pela Beira-Mar, com a brisa do rio no rosto. Espero que você queria voltar!!! Abraços!

    Curtir

Deixe aqui sua opinião apimentada!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s